SOBRE A WAS

One world, one life, one great adventure...

One world, one life, one great adventure...

CLUBE DO AVENTUREIRO

ASSOCIE-SE AGORA E FAÇA PARTE DA REDE MUNDIAL DA AVENTURA!

Sea Riders on the Storm

por Márcio Bortolusso

NOVOS VÍDEOS

Arquipélago da Aventura #3 - Explorando a Caverna da Talhada

por Márcio Bortolusso

Portfolio da nova WAS Explorer Fernanda Lupo

•  DESTAQUES DA WORLD ADVENTURE SOCIETY  •

One world, one life, one great adventure...

Copyright © 2016-2017 by World Adventure Society. All rights reserved.

Av. do Contorno 5.823, Sl 1504, Carmo CEP 30110-035 Belo Horizonte MG  •  Telefone: +55 31 3244-0541

NOVIDADES

Ao se lançar ao mar, o marinheiro deve saber aonde ele quer chegar, e ele tem isso bem claro. Ele também sabe do seu propósito ao partir.

 

Ao encontrar uma tempestade no meio do caminho, as suas habilidades vão ser testadas ao limite, e aonde o mar encontrar a sua fraqueza, lá será travada uma batalha. Passado o mau tempo um dia o barco chegará à segurança do porto. Feliz e com um forte sentimento de vitória, o marinheiro olhará para trás e agradecerá ao mar. Sabemos que bons marinheiros são forjados nos mares tempestuosos, e por saber disso ele reconhece a oportunidade.

 

Ele sabe que a tormenta tem um propósito, e também não se esquece do seu. Se não fosse o caos, quem daria a ele a referência e a noção do melhor? Como ele aprenderia a lidar com o imponderável, e como ele poderia dormir no aconchego da sua cama, ou mesmo dar valor a um prato quente de comida?

 

Em certo momento da vida do navegador, ele para de julgar o mar, o vento forte, a marejada, os cortes nas mãos e as noites mal dormidas. Ele simplesmente aceita tudo, e aprende que cabe a ele buscar seus recursos internos, e toda sua experiência para viver a vida entre os elementos. Sem viver o caos, ele nunca aprenderia sobre o discernimento, e sem o discernimento ele jamais saberia como fazer suas escolhas, e assim nunca saberia como tomar uma decisão, e sem tomar decisões, ele jamais chegaria onde ele sabe que tem que chegar.

 

Navegamos muitas vezes sem rumo e nos esquecemos aonde queremos chegar. Nos negamos a vivenciar todas as experiências, por simplesmente não entendermos a natureza dos acontecimentos. Por isso quando o caos se apresenta nos apressamos em julgar. Julgamos quem nos fere, julgamos o mundo, julgamos aqueles que erram e nos julgamos. Nos esquecemos de que a dificuldade mora ao lado da superação, pois ela tem a tarefa de nos dar a referência de onde estamos, e de onde podemos chegar...

 

 

Continue lendo...

AVENTUREIROS

O explorador Márcio Bortolusso entra para o staff da World Adventure Society. Conheça seu perfil e sua história...

CONTEÚDO

Desafio de los Volcanes - Los Camarógrafos atletas

por Márcio Bortolusso

Arquipélago da Aventura #4 - Mergulhando na Caverna da Talhada

por Márcio Bortolusso

Atrás das Câmeras

por Fernanda Lupo

© Márcio Bortolusso

A exploradora Fernanda Lupo entra para o staff da World Adventure Society. Conheça seu perfil e sua história...

PROJETOS

© Fernanda Lupo

CALENDÁRIO

Fotografia de Aventura e Natureza

por Márcio Bortolusso

Escalada do Pico sem Nome - 1ª Etapa

Maciço do Pico dos Marins

por Márcio Bortolusso

Circuito Ausangate - Cordilheira Vilcanota, Peru

por Antonio Fonseca

CLUBE DO AVENTUREIRO

divulgação

ASSOCIE-SE